domingo, 1 de março de 2009

Foto de cobra gigante espalha temor de monstro lendário em Bornéu

Por Richard Shears
De acordo com a lenda, Nabau era uma terrível cobra de mais de 100 pés de comprimento com cabeça de dragão e 7 narinas.Mas agora nativos que vivem ao longo do rio Baleh em Bornéu acreditam no retorno da criatura mística após a divulgação de uma foto de uma cobra gigante nadando em um braço remoto do rio.
A foto, capturada de helicóptero por um membro de um time de resgate, que monitorava áreas de alagamento, gerou um intenso debate sobre sua autenticidade.
Até mesmo o respeitado jornal “New Straits” em Kuala Lumpur pediu aos leitores que fizessem seu próprio julgamento sobre as fotos.
Nativos que alegam ter visto o animal dizem que lhe deram o nome de Nabau, em referência à serpente marinha que pode se transformar em outras formas de animais.
Pessoas que analisaram a fotografia descartaram a possibilidade de ser um tronco.
Um colunista perguntou: “Um tronco não pode se contorcer, pode?”. Outros sugeriram que era uma lancha, o que foi descartado por conta da marola de arrasto estar torta.
A acusação mais comum é que a foto simplesmente foi manipulada digitalmente, enquanto outros dizem que o rio Baleh é de cor diferente da mostrada na foto.
Mas nativos que insistem que a cobra existe dizem que fotos da criatura em diferentes partes da selva provam que ela está se movimentado pelos braços dos rios.

No começo do mês cientistas escavaram o fóssil de uma serpente assassina que era maior do que um ônibus, mais pesada que um carro pequeno e podia engolir um boi inteiro.
O monstro de 45 pés - chamado Titanoboa - era tão grande que vivia a base de uma dieta de crocodilos e tartarugas gigantes, esmagando-os e os devorando por inteiro.
Pesando impressionantes 1.250 quilos, ela deslizava pelas florestas tropicais da América do Sul há 60 milhões de anos atrás, somente 5 milhões de anos após o desaparecimento dos dinossauros.
Esqueletos parciais da matadora pré-histórica foram achados em uma mina de carvão Colombiana por um time estrangeiro de caçadores de fósseis.
Fonte: Daily Mail
Fonte: Recebi por e-mail do meu amigo Israel Paz

5 comentários:

Marcos disse...

eheeheh Photoshop puro. Eu sou designer. A segunda foto a montagem é pior. A primeira está muito bem feita. Mas sem dúvidas, os poderes do Photoshop.

Salete Lemos disse...

Olá Marcos
Obrigada pela visita e comentário.

Anônimo disse...

oi,meu nome e cleiton e morro em muaná no marajó.
já faz mais de de cinco meses, que viajondo com meu pai nas margens do rio atuá, por volta das 10:00 as 10;30 da manhã, percebir que algo estranio havia acontecendo proximo ao um igarapé, perguntei pro meu pai o que era aquilo que estava de comprido e cabeça alta no rio.
logo tive a resposta, que se tratava de uma cobra grande, que lá os ribeirinho comentavam que em certa época do ano ela aparecerá por lá, desde então não quiz saber de viajar mais.
desde então passei acreditar em tudo que meus avós diziam era na verdade, verdade.

by Silvia Coelho disse...

SINCERAMENTE, ACREDITO Q POSSA EXISTIR DE TUDO MESMO, NÃO SABEMOS O QUE HÁ DEBAIXO DAS ÁGUAS ESCURAS DO RIO NEGRO, MAS O FATO É QUE, SÃO 2 MONTAGENS CONCRETAS FEITAS NO PHOTOSHOP, ISSO É CLARO E MUITO NÍTIDO. QUEM FEZ, SINCERAMENTE, PÉSSIMO NA MONTAGEM. !!!!

Anônimo disse...

sim, na verdade, nos que vivemos na região amazonica e temos parentes que vievm em ilhas ou proximo aos rios contam sempre historias de cobra grande, elas são disretas e nossos avos costumam contar-nos sobre essas aparições furtivas desses monstros gigantes eu acredito de verdade e espero nunca topar com uma quando ela resolver dar as caras