terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Romã, Viagra natural

E não é que os cientistas descobriram que a romã, aquela frutinha que tem sementes parecidas com bolinhas de plástico é mais poderosa que o Viagra?
Vejamos o que diz o importantíssimo Journal of Impotence Research: “O estudo, publicado sugere que a romã funciona de forma semelhante ao conhecido remédio para disfunção erétil Viagra e, no futuro, pode se tornar uma alternativa natural ao medicamento.”
A grande descoberta não é tão grande assim. Os antigos já sabiam. Há relatos sobre as propriedades medicinais da romã em quase toda literatura da antiguidade. Os gregos mitificaram o surgimento do inverno quando Perséfone entrou numa de fazer dieta, e como sabemos isto é um suplício, não agüentou e comeu seis sementes de romã. No Irã (antiga Pérsia), não é a maçã o fruto do desejo, mas sim a romã. O símbolo do amor para várias civilizações da Antiguidade era a romã e, mesmo com o advento do Cristianismo, os ritos pagãos relativos a esta fruta permaneceram e chegaram até nós.
Os judeus, que não são bobos nem nada, também já sabiam das propriedades potencializadoras da frutinha. Tanto que até hoje colocam sementinhas da fruta sob o travesseiro na passagem do ano novo judaico. Abraão, o patriarca que viveu 175 anos, certamente não deixou de tomar seu suquinho de romã preparado por Sara, que teve Isaque já na velhice. Mas como sabemos, antes dele, Agar, sua escrava, deu a Abraão Ismael. Daí vem toda confusão entre os semitas: uma grande briga de família. Salomão, que também não era bobo, tanto que a gente sempre lembra daquela história de partir uma criança ao meio para satisfazer duas mães que reclamavam um filho, no Cântico dos Cânticos faz citações à romã, que compara a fruta à beleza da mulher amada.
Das propriedades medicinais da romã já se sabia que serve para expulsar vermes do organismo. Do chá de suas folhas faz-se remédio para combater irritação nos olhos. Da casca também se faz um chá que combate infecções na garganta e, agora, é um potente revitalizador!
Aqui no Brasil tem-se o hábito de colocar sementes de romã na carteira para atrair dinheiro e também comer sementes na passagem do ano.

Fonte:http://recantodaspalavras.wordpress.com/2007/12/01/roma-um-viagra-natural/

Um comentário:

IDÉIAS E PROBLEMAS disse...

vou experimentar já!!Haja romã..rs